? C Cuiab - MT

Mais lidas

12/12/2021 20:21

Adeus ao mestre Monarco

Todos sabemos que um dia pessoas queridas e essenciais ao País nos deixarão, mas quando esse dia chega, a realidade da perda se abate sobre nós e todos ficamos tristonhos. A morte de Hildemar Diniz, o Monarco, é um desses casos. Considerado um dos maiores compositores e cantores populares do Brasil, Monarco era ícone de uma das principais escolas de samba do mundo, a Portela, qual ele era presidente de honra.

Nas homenagens que o magnífico músico carioca recebe neste domingo no velório que está sendo realizado na quadra da Portela, e depois, no enterro no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte do Rio, serão lembradas etapas importantes do samba brasileiro.

Monarco simbolizava o que há de mais genuíno na cultura nacional. Prodígio, aos 17 anos já fazia parte da ala dos compositores da Majestade do Samba, como é conhecida a escola. Suas composições, além de vitoriosas na Marquês do Sapucaí, eram delicadas e incisivas, contando histórias de um povo sofrido do Rio de Janeiro e do País, por meio de suas composições e interpretações incomparáveis.

Agora que Monarco ficou “encantado”, como se diz nos morros cariocas, as novas gerações do samba têm a obrigação de manter sua arte viva. O Brasil precisa de gente como Monarco, de pessoas que saibam transformar as mazelas nacionais em música.


Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
DNA Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo