? ºC Cuiabá - MT

Mais lidas

27/04/2021 13:12

Kaiut Yoga: conheça o método inclusivo e fique mais relaxado

Um método inclusivo e moderno: assim pode ser definido o Kaiut Yoga, que busca devolver a mobilidade do corpo e o bem-estar mental. “Além de prevenir e combater as dores, a intenção é oferecer ao praticante a possibilidade de experienciar tudo o que o corpo pode fazer”, destaca Francisco Kaiut, criador do método. O método mantém as posturas clássicas do yoga e usa também as posições pouco conhecidas, mas que conseguem trazer benefícios variados. Além disso, alguns movimentos são customizados e, apesar de a aula ser coletiva, o instrutor consegue orientar e adaptar os exercícios de acordo com a necessidade de cada aluno.

Aproveite a virada do ano e saiba que ninguém fica de fora: qualquer um pode praticar o Kaiut Yoga, independentemente de idade e condicionamento físico, incluindo pessoas com deficiência, idosos ou que foram sedentárias a vida toda. “Tenho um bom exemplo, que é um aluno que se matriculou aos 60 anos, com as capacidades cognitivas inteiramente funcionais porém o físico muito frágil. Hoje, com 78 anos, ou seja, após 18 anos de prática, esse aluno relata que os problemas circulatórios que existiam antes já não existem mais, tem disposição e consegue realizar coisas que não imaginava que conseguiria. Espera-se que, após uma certa idade, a pessoa não consiga mais ter ganhos físicos, mas nossa experiência só mostra que os ganhos não param”, conta Francisco.

As turmas, então, acabam sendo ecléticas e muitos alunos possuem necessidades específicas. Nos Estados Unidos, é comum as escolas de Kaiut Yoga receberem alunos veteranos de guerra, amputados, com deficiências físicas e idosos. Todo mundo na mesma sala, proporcionando uma aula totalmente inclusiva, que é a ideia principal da marca.

Além disso, saiba que até 4% das mortes no mundo poderiam ser evitadas reduzindo o tempo que as pessoas permanecem sentadas ao longo do dia, segundo dados de um estudo da Universidade de São Paulo (USP), realizada em 2016.

Problemas da atualidade

Mas não é só para quem inicialmente possui limitações físicas que o Kaiut Yoga é recomendado, claro. Ele pode trazer vantagens até mesmo para quem acredita não necessitar dele. Quem não conhece alguém que vive com aquela dorzinha nas costas mas já não reclama mais pois se acostumou a viver com ela, por exemplo? Assim, quem vive hoje uma rotina estressante de trabalho pode se beneficiar muito com esse tipo de exercício.

Segundo dados da British Heart Foundation e do grupo Get Britain Standing, cerca de 41% das pessoas ficam em pé menos de 30 minutos por dia enquanto estão no escritório. O trabalho que faz com que o ser humano passe horas seguidas sentado em frente a um computador pode provocar problemas de mobilidade e nas articulações. “Quem passa muitas horas sentado acaba desenvolvendo uma capacidade de foco maior e é como se desligasse o corpo enquanto trabalha. Essa pessoa só vai perceber que está com alguma dor quando desvia o foco da tarefa. É um fenômeno neurológico que, com o passar do tempo, pode provocar alterações nas articulações das coxas, pelve, coluna e tornozelo. Há pesquisas, inclusive, que indicam maior risco de câncer em quem fica muito tempo sentado comparado a quem se movimenta”, explica Francisco, criador do %img-replaced%Kaiut Yoga

Incluir o exercício na rotina vai contribuir para prevenir e aliviar as dores causadas pela vida moderna, além de promover o bem-estar emocional. Parte das aulas foca nos desbloqueios de quadril, que é uma das regiões que mais sofre com o excesso de tempo na posição sentada. Quem adere à modalidade pode ou não incluir outros exercícios ao cotidiano. Quanto mais movimento, melhor, desde que os próprios limites sejam respeitados. “O %img-replaced%Kaiut Yoga possibilita o fortalecimento muscular, a flexibilidade e a potência. Eu pratico apenas e nem recomendo outra atividade extra. Trabalho com grupos específicos, como alunos que já passaram por cirurgias, com histórico de problemas físicos, pessoas idosas, e todos eles se beneficiam da prática”, complementa o fundador do método.

De onde surgiu?

A metodologia começou a ganhar espaço nos Estados Unidos em 1999, quando Francisco Kaiut foi convidado para ministrar suas aulas pela primeira vez no país. O criador do método pratica yoga desde os 15 anos e abriu a primeira escola aos 17, adaptando a prática com o passar dos anos. “Descobri o yoga na adolescência, a partir de uma necessidade pessoal para aliviar dores crônicas. Desenvolvi o método com muito estudo e prática, buscando fazer adaptações que atendessem as necessidades do homem moderno resgatando o conceito original do yoga e o adaptando aos nosso hábitos e atividades cotidianas”, diz. Mais de 600 professores de yoga no Brasil já foram formados pelo método e o objetivo é chegar a 25 unidades da escola até 2021. Quem se forma no método pode aplicá-lo em qualquer ambiente, porém as escolas específicas de Kaiut Yoga não mesclam outras versões.


Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
DNA Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo