? ºC Cuiabá - MT

Mais lidas

05/07/2022 23:09

Famílias que recebem benefício precisam manter dados atualizados

A atualização deve ser feita nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) de Várzea Grande, no bairro ou região mais próxima da residência do cidadão.

Fonte: SECOM/VG

A inscrição no CadÚnico é um dos requisitos para que as famílias carentes possam participar de programas sociais Federais, Estaduais ou Municipais. Por isso, é necessário que o beneficiário mantenha sempre os dados atualizados, principalmente, em caso de mudança de endereço, telefone de contato, nascimento ou alteração da renda mensal.

A atualização deve ser feita nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), de sua localidade ou bairro de abrangência. Para ter o direito de receber o benefício, o grupo familiar precisa apresentar renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou renda mensal de até três salários mínimos.

“É importante que as famílias procurem os CRAS para informar qualquer mudança, seja ela de endereço ou pessoal, só assim poderá manter o seu benefício, e do direito de participar também de projetos e ações sociais, desenvolvidos pela gestão Municipal, e nos mais diversos setores”, destacou a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira. 

A gestora lembrou ainda que para a adesão de benefícios, a exemplo do Auxílio Emergencial, Benefício de Prestação Continuada, Carteirinha de Idoso, PETI, Isenção de taxas de concursos públicos, e demais programas ofertados pelos governos, nas esferas Municipal e Estadual, é necessário a apresentação do número de inscrição do Cadastro Único.

Devolução de cartões

Dos 8 mil cartões do programa ‘Ser Família Emergencial’ destinados à população carente do Município de Várzea Grande, 171 unidades não foram entregues ao beneficiário, em razão da desatualização das informações cadastrais.

Como explica a coordenadora do Programa de Proteção Básica de Várzea Grande, Bernadete Miranda, a falta de atualização cadastral inviabilizou, a 171 famílias, a entrega do cartão que garante o benefício. “Por isso a necessidade do cadastro estar sempre em dia, com todas as informações necessárias, para que a nossa equipe possa fazer o contato, principalmente, em casos excepcionais, como foi a obrigatoriedade da troca de cartões do programa ‘Ser Família Emergencial’".

Ela explica ainda que as equipes da Secretaria de Assistência Social, que atuam nos CRAS, realizam esse trabalho durante o ano todo, e que as pessoas que têm direito ao benefício devem procurar as unidades para se inscrever ou atualizar o cadastro. “Essa é uma preocupação grande do nosso pref


Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
DNA Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo